• CMurville

Conheça Igatu na Chapada Diamantina!


Conheçam Igatu na #chapadadiamantina lendo a trilogia A CAVERNA CRISTALINA Segue abaixo publicação do Empório Chapada Diamantina sobre o vilarejo de pedra que chegou a ter mais de 10 000 habitantes, cassinos, cabarés e comércio bem desenvolvido, e que hoje não tem mais de 400 moradores!

• • • • • •

Empório Chapada Diamantina


Igatu, distrito de Andaraí, foi apelidado de “Machu Picchu baiana”. Tal como a cidade sagrada dos incas, o vilarejo de pedras da Chapada Diamantina está cercado de mistérios e curiosidades:


1. Igatu já teve outro nome.


Inicialmente, o lugar era conhecido como Xique-Xique (ou Chique-Chique). E há três versões que explicam essa denominação.


Um grande cacto teria inspirado a nomeação do lugar.


Dizem ainda que um dos primeiros trabalhadores do local se chamava Xique-Xique.


Segundo outros relatos, os exploradores pioneiros da vila vieram de Xique-Xique, no norte da Bahia, e deram ao vilarejo o mesmo nome de sua terra natal.


Mas isso gerava transtornos e confusão na entrega de mercadorias, que acabavam sendo levadas, por engano, para a cidade homônima do alto do São Francisco.


Por isso, a localidade foi rebatizada, em 1943, como Igatu, nome de origem tupi que significa “água boa”.


2. Igatu é um ótimo observatório de aves.


Mais de 50 espécies podem ser vistas nas trilhas do vilarejo.


A vegetação baixa e pouco densa facilita a visualização de animais como: o raro e endêmico beija-flor-de-gravata-vermelha, o sofrê, o pássaro-preto, o besourinho-de-bico-vermelho e o gavião-carrapateiro.


3. Igatu tem um curioso recenseamento.


Embora tenha vivido momentos de ebulição na época do garimpo, o lugar só tem aproximadamente 400 pessoas hoje em dia.


Quem atualiza esses números é o morador Amarildo dos Santos.


Todo ano, ele registra - em livros manuscritos - o número de pessoas que nascem, morrem e se casam na vila.


Se você quiser mergulhar ainda mais no passado desse charmoso e fascinante vilarejo de pedras, visite nossa loja virtual e conheça a trilogia “A Caverna Cristalina”.


Foto: reprodução/Ensinar História.


#igatu

#igatubahia

#chapadadiamantina

#emporiochapadadiamantina

#historiadabahia

#andarai #romance #ficção #aventura #portaldimensional #espiritualidade #literatura #trilogia #literaturanacional #literaturabrasileirea #literaturacontemporanea #Leia #LeiaLiteraturaNacional #mulheriodasletras #projetoecoliterário #autora #autoranacional #LivrariaMulherio

2 visualizações
  • Facebook B&W
  • Instagram B&W
  • Twitter B&W