AMALDIÇOADOS PELO PODER - Alternância Implacável

ISBN:

Páginas: 

Formato: 

Editora: EditorIal Eco Literário

Onde comprar:

ALTERNÂNCIA IMPLACÁVEL de Christiane Couve de Murville

Ana era bela. E não apenas bela; era deslumbrante. Sua beleza e charme eram tantos que, por todo lugar por onde passava, Ana chamava a atenção e atraía para cima de si todos os olhares, tanto masculinos como femininos. O corpo escultural de proporções impecáveis, os cabelos sedosos, longos e fartos, e a pele lisa e aveludada conferiam à jovem uma aura de perfeição que jamais passava despercebida. Ana exercia um fascínio sobre as pessoas, mantendo-as reféns de seus encantos. Jovens ou velhos não tinham qualquer chance, eram prontamente seduzidos pela beldade. Difícil resistir, se conter, não reparar, olhar e sonhar! Admiravam a musa, o padrão de beleza na perfeição, capaz de inspirar e afetar profundamente qualquer ser.

Que poder incrível tinha Ana! Mas ela não sabia exatamente como usá-lo.

Se fosse ingênua e não conseguisse ler as reais intenções dos moços que a cortejavam assiduamente, acabaria sendo comida por um lobo mau interessado apenas em sexo. Poderia perder todo o seu poder em uma única noite de lua cheia, caso sucumbisse às investidas ferozes de algum desalmado, necessitando do fluído vital de uma donzela ainda purinha para saciar suas necessidades sexuais sem controle. Inexoravelmente, perderia o brilho, o encanto e a aura de pureza que ainda a envolvia.

Mas a menina não atinava para essas coisas e considerava-se muito esperta. Tinha consciência de seu poder, o poder da beleza. Era mesmo irresistível e gostava disso. Sentia-se orgulhosa de seu aparato físico deslumbrante que lhe permitia se sobressair em meio à mulherada. Chegava a olhar com certo descaso para as pobres mortais que não estavam à sua altura. Coitadas! Eram tão feias! Não tinham cabelos como os seus, cintura fina como a sua, as formas impecáveis e tudo o mais.

Ana nem imaginava que tipo de energias atraía e o futuro que formava para si com seu comportamento altivo. Lógico que, ...

  • Facebook B&W
  • Instagram B&W
  • Twitter B&W